Publicado em 02/09/2020 às 19h36

CIJ REALIZA REUNIÃO VIRTUAL PARA DEBATER QUESTÕES RELATIVAS AO ACOLHIMENTO EM JAGUARARI

No dia 27/08/2020, a Coordenadoria da Infância e da Juventude, comandada pelo desembargador Emílio Salomão Resedá, realizou reunião virtual para debater questões relacionadas ao acolhimento na comarca de Jaguarari. Participaram da reunião, além do excelentíssimo coordenador, os juízes membros da CIJ, Dr. Arnaldo Lemos e Dra. Maria Helena Lordelo Salles, a magistrada Maria Luíza Nogueira Cavalcanti, a coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Criança e Adolescente (CAOCA/MP), Dra. Márcia Rabelo Sandes, o promotor Carlos Augusto Machado de Brito, o defensor público André Cerqueira, bem como representantes da gestão municipal e do serviço de acolhimento, servidores da comarca e profissionais das equipes técnicas do MP e da CIJ.

Dentre os temas abordados, destacam-se a atualização do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNA), a necessidade de equipe técnica específica para a instituição, a possibilidade de implantação do Serviço de Família Acolhedora, e outras questões que impactam nos direitos das crianças e adolescentes. Como encaminhamento da reunião, ficou acordada a realização de audiência concentrada, no final do mês de setembro, para definição da situação dos acolhidos, sendo também agendado um encontro subsequente em outubro, para acompanhamento das questões apresentadas.